Duas pessoas morrem após tiroteio em igreja evangélica

Tiroteio começou após perseguição a três rapazes, que entraram na igreja. Outras duas pessoas ficaram feridas, incluindo o pastor

Tiroteio aconteceu dentro de igreja evangélica na Rua Eduardo Custódeo, nos Torrões
Cortesia/TV Jornal
JC Online

Dois homens morreram e outros dois ficaram feridos em um tiroteio na noite dessa quinta-feira (22), no bairro dos Torrões, Zona Oeste do Recife. Segundo informações da Polícia, Jacó Teles do Nascimento, de 20 anos, Josuel Batista da Silva, 21 e um adolescente de 17 lanchavam em um estabelecimento quando homens encapuzados em uma caminhonete chegaram atirando contra eles, que correram para dentro de uma igreja evangélica próxima ao local.

Cerca de 50 pessoas participavam do culto no momento em que os rapazes entraram, seguidos dos homens que permaneceram atirando. Os três foram atingidos pelos tiros, além do pastor, que foi baleado na coxa. Os suspeitos fugiram do local. Os feridos foram levados para a UPA dos Torrões.

Jacó Teles do Nascimento e Josuel Batista da Silva não resistiram aos ferimentos e faleceram. Já o adolescente foi levado para o Hospital da Restauração, onde passou por cirurgia e segue em observação. O que chamou a atenção da Polícia foi que esse mesmo rapaz sofreu um atentado na última quarta-feira (21). O pastor foi medicado na unidade de saúde e liberado. O caso será investigado pelo Departamento de Homicídio e Proteção à Pessoa (DHPP). Para o delegado João Felipe, que registrou a ocorrência, a motivação do crime seria uma rixa antiga entre vítimas e os suspeitos. "Até o momento, estamos trabalhando com a ideia de uma disputa antiga, já que alguns deles são ex-presidiários", finalizou.

Comentários

POSTAGENS MAIS ACESSADAS

FAMILIARES E AMIGOS SE DESPEDEM DO RADIALISTA AGNALDO SILVA

PARA RECORDAR. MATÉRIA QUE FIZ COM AGNALDO SILVA EM 2014

DISTRITO DE PÃO DE AÇÚCAR É DESTAQUE EM REPORTAGEM DO SBT POR CAUSA DA VIOLÊNCIA

Deputado fala sobre necessidade de movimento jurídico para barrar privatização da Eletrobras

PRUDÊNCIO GOMES: "ESTOU À DISPOSIÇÃO DO POLO DE CONFECÇÕES"