RUBINHO NUNES SOLTA O VERBO, POR CÉSAR MELLO

Rubinho Nunes fala de Zé Augusto Maia, elogia Fernando Aragão e diz: “Ele (Roberto Asfora) tratou os seus aliados com desprezo e não adianta está culpando os meninos por nada”


O empresário Rubinho Nunes concedeu entrevista ao blogueiro Jairo Gomes e comentou especulações em torno do seu nome, que para muitos, passa a ser visto como uma nova alternativa à política de Brejo da Madre de Deus. Ele falou ainda sobre sua aproximação com o ex-deputado Zé Augusto Maia, sua relação com o ex-vereador santa-cruzense Fernando Aragão e sobre o ex-prefeito de Brejo, Roberto Asfora.

Rubinho e Zé Augusto Maia – “Estávamos no velório do saudoso Zé Inácio, quando conversamos sim assuntos relacionados à politica, mas não precisamente de candidaturas, nem minha, nem dele. Ele falou apenas que pretendia ajudar Brejo da Madre de Deus, porque ele sabe que eu tenho um projeto na cidade, principalmente em São Domingos, onde ele tem uma considerável base política, onde as pessoas gostam dele”.

Discurso pronto – “Nós não estamos juntos, estamos apenas conversando em busca de coisas boas, tanto para o município dele, quanto para o meu, mas por enquanto não passa de conversas em busca de coisas boas para a nossa região”.

Fernando Aragão deputado estadual? – “Falam que Fernando Aragão também pode ser candidato a deputado estadual, um nome que eu acho muito interessante não apenas para Santa Cruz, mas para toda região. Fernando é um homem sério, de conduta correta e que tem muito a ver comigo. Ele e Zé Augusto fazem parte do mesmo grupo, do mesmo partido, portanto, eles que deverão resolver essa questão. O que interessa de fato a mim é saber o que cada um terá de bom a oferecer a Brejo”.

Roberto Asfora sem grupo político? – “Tenho conversado com pessoas e com vereadores da oposição sim, não são pessoas do grupo de Roberto Asfora, são pessoas que estavam com Roberto Asfora, pessoas que não estão satisfeitas com Roberto. Ele sabe onde errou, tenho andado muito e o que importa não é o que os políticos falam e sim o que a população fala”.

Desprezo e mágoa - “Ele (Roberto Asfora) tratou os seus aliados com desprezo e não adianta está culpando os meninos (vereadores oposicionistas) por nada. Eu acho que da mesma forma que Roberto ajudou os vereadores, eles também ajudaram Roberto e sua esposa, que foi candidata. No fim das contas, eles ajudaram muito mais Roberto, do que ele ajudou os vereadores”.

Candidato a prefeito, sim! - “Se não houver outro nome, eu posso sim ser candidato a prefeito, porque eu tenho condições de ser candidato e de ser prefeito igual a como outros já tiveram, pois eu não sou leigo, sei administrar sim e entendo um pouco de política”.

Do Blog  do César Mello

Comentários

POSTAGENS MAIS ACESSADAS

Bartol Neves assumirá mandato em Brejo da Madre de Deus

Bitcoin só perde para o Magazine Luiza em valorização em 2017

Líder do PT confirma nome de Marília Arraes em 2018 e diz que Fernando Filho não tem chance

NA MADRUGADA – NO INTUITO DE MARCAR CONSULTA, GRUPO PERNOITA NAS CALÇADAS, EM SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE