PCdoB vai mesmo lançar candidato próprio a presidente, garante Luciana Santos


A presidente nacional do PCdoB, deputada Luciana Santos (PE), reafirmou nesta segunda-feira (13) que o partido avalia a possibilidade de lançar candidato próprio à Presidência da República em 2018, interrompendo sua aliança histórica com o PT (no primeiro turno), iniciada em 1989, primeira vez que Lula concorreu ao cargo, perdendo para Fernando Collor.

As opões do PCdoB para disputar a Presidência da República são apenas três: o ex-deputado Aldo Rebelo (SP), que já foi presidente da Câmara Federal e ministro da Defesa, Esporte, Ciência e Tecnologia e Relações Institucionais, o governador Flávio Dino (MA) e a deputada federal Jandira Feghali (RJ).

Aldo Rebelo só vai se for “na marra” porque está sem mandato e desmotivado para entrar numa disputa presidencial. Quanto a Flávio Dino, parece também ser remota a hipótese de renunciar ao Governo do Maranhão para entrar numa aventura.

Restaria a opção Jandira Feghalli, que poderia entrar na disputa sabendo antecipadamente que o PCdoB-RJ perderá a cadeira que tem na Câmara Federal.

“Estamos com a avaliação de que vivemos uma fragmentação razoável no nosso campo político. E num ambiente desses de crise política, com fortes ares de crise institucional, com muita instabilidade, ao contrário de buscar um caminho na defensiva, avaliamos que vale muito a afirmação de um pensamento para o país”, afirmou Luciana Santos.

Comentários

POSTAGENS MAIS ACESSADAS

FAMILIARES E AMIGOS SE DESPEDEM DO RADIALISTA AGNALDO SILVA

PARA RECORDAR. MATÉRIA QUE FIZ COM AGNALDO SILVA EM 2014

Deputado fala sobre necessidade de movimento jurídico para barrar privatização da Eletrobras

DISTRITO DE PÃO DE AÇÚCAR É DESTAQUE EM REPORTAGEM DO SBT POR CAUSA DA VIOLÊNCIA

PRUDÊNCIO GOMES: "ESTOU À DISPOSIÇÃO DO POLO DE CONFECÇÕES"