Postagens

Mostrando postagens de Dezembro 14, 2016

Diogo Moraes participa da diplomação de Joãozinho Tenório

Imagem
Reeleito com mais de 56% dos votos válidos, o que correspondeu a exatos 7710 votos, o atual gestor de São Joaquim do Monte, Joãozinho Tenório (PSDB) foi diplomado na manhã dessa quarta-feira (14) em cerimônia realizada na Câmara Municipal de Vereadores da cidade.
Aliado do prefeito, o deputado estadual e primeiro-secretário da Assembleia Legislativa de Pernambuco, Diogo Moraes (PSB) compareceu ao evento, ao lado dos colegas da Casa de Joaquim Nabuco, Deputado Eriberto Medeiros, do ex-deputado Oséas Moraes, do ex-prefeito de São Joaquim João Tenório e do ex-prefeito de Toritama Flávio Lima.
"Nossa parceria com Joãozinho Tenório sai fortalecida para os próximos quatro anos e continuaremos trabalhando por São Joaquim do Monte, prezando pelo desenvolvimento da cidade com respeito ao povo" disse Diogo Moraes na ocasião.
Foram diplomados pela Dra. Ana Paula Freitas, representante da Justiça Eleitoral, o prefeito Joãozinho Tenório, o vice-prefeito Dr. Abrantes, os 11 vereadores ele…

Morre dom Paulo Evaristo Arns, ícone progressista da igreja no Brasil

Imagem
Fabio Braga/Folhapress

PEDRO DEL PICCHIA
ESPECIAL PARA A FOLHA

Morreu nesta quarta-feira (14), na capital paulista, o arcebispo emérito de São Paulo, cardeal dom Paulo Evaristo Arns, 95.
Ele estava internado no Hospital Santa Catarina desde o último dia 28 com problemas pulmonares. Nesta semana, havia sofrido uma piora em sua função renal e estava na UTI. A morte ocorreu por volta das 11h45.
Ao longo da vida, o frade franciscano Paulo Evaristo Arns recebeu muitos epítetos.
Foi chamado de cardeal da liberdade, bispo dos oprimidos, cardeal dos trabalhadores, bispo dos presos, bom pastor, cardeal da cidadania, guardião dos direitos humanos e tantos outros.
Mas já ao final da vida, quando lhe perguntaram como gostaria de ser lembrado, deu uma resposta singela: "amigo do povo".
Como padre, bispo e cardeal, lutou pela liberdade, ficou ao lado dos trabalhadores e dos oprimidos, combateu em defesa dos direitos humanos, mas foi, sobretudo, exatamente como gostaria de ser lembrado, um…

Estados em calamidade financeira terão dívidas com a União suspensas

Imagem
Foto: Ed Ferreira/Estadão
Ministério da Fazenda prevê que apenas governos em situação mais grave entrem no sistema especial
Adriana Fernandes, Idiana Tomazelli,  O Estado de S.Paulo
BRASÍLIA - Pressionada a agilizar um socorro rápido aos governadores que decretaram calamidade financeira, a equipe econômica pediu na terça-feira, 13, a inclusão da proposta de criação de um Regime Especial de Recuperação Fiscal para os Estados em desequilíbrio financeiro já no projeto que trata do acordo da dívida com os Estados. A avaliação do governo é de que, por esse caminho, a aprovação se dará de forma mais rápida. A secretária do Tesouro, Ana Paula Vescovi, foi na noite de terça ao Senado para fazer um corpo a corpo com senadores na tentativa de incluir o dispositivo no texto.
Governo vai anunciar medidas econômicas na 5ª feira
Das medidas econômicas que o presidente Michel Temer vai anunciar na quinta-feira, essa é mais uma tentativa para ativar a economia. A crise financeira dos Estados tem contri…

Marcelo Gomes homenageia grandes nordestinos em sessão na Câmara de Vereadores

Imagem
A sessão ordinária desta terça-feira, 13, na Câmara de Vereadores de Caruaru foi marcada pela homenagem que o vereador Marcelo Gomes (PSB) fez a dois grandes nordestinos: Luiz Gonzaga, que completaria 104 anos nesta data, e Miguel Arraes, que faria 100 anos nesta quinta-feira, 15.
Sobre o Rei do Baião, Marcelo destacou a importância de sua obra para a cultura brasileira. “Gonzaga é um marco na Música Popular Brasileira. Seu legado, até hoje, é cantado país afora pelos seus seguidores. Sua importância é tanta que o grande Gilberto Gil disse certa vez que ‘a MPB é uma antes de Luiz Gonzaga e outra depois dele’”, afirmou.
Em relação ao ex-governador de Pernambuco, Miguel Arraes, uma grande referência política para o país, Marcelo falou sobre as qualidades do político. “Arraes sempre foi símbolo resistência, dignidade, coerência, e, principalmente, esperança. Resistência que se materializa através de sua decisão de não fazer acordo com os militares de 1964; dignidade, pois sempre pautou …

Justiça Eleitoral decide por nova eleição para prefeito em Ipojuca

Imagem
O Tribunal Superior Eleitoral (TSE) acompanhou entendimento do TRE-PE e decidiu que os eleitores de Ipojuca vão voltar às urnas para escolher o novo prefeito. Em sessão realizada no dia 13/12/2016, o TSE indeferiu, por 4 votos a 3, o registro de candidatura de Romero Sales (PTB), candidato que obteve o maior número de votos: 32.496. A decisão foi baseada em uma condenação por improbidade administrativa com dano ao erário e enriquecimento ilícito devido a uma viagem feita por Sales em 2008, época em que era vereador. Com a decisão, o município será administrado interinamente pelo presidente da Câmara Municipal.
A presidência do TRE-PE informa que vai aguardar a comunicação oficial do TSE. Assim que receber vai ter 40 dias para elaborar o novo calendário eleitoral da cidade. Esse novo calendário será submetido à Corte do TRE-PE para aprovação, onde serão observados todas as etapas e estabelecido a data da nova eleição em Ipojuca.
Negado registro do candidato mais votado a prefeito de I…

Para Tadeu Alencar, Arraes foi um símbolo de resistência e luta

Imagem
Bancada do PSB comemora centenário de Miguel Arraes e sua trajetória política

A Câmara dos Deputados deu início, nesta terça-feira (13), às homenagens em comemoração ao centenário do nascimento de Miguel Arraes. Os eventos acontecem até a próxima quinta-feira (15). A iniciativa foi das bancadas do Partido Socialista Brasileiro (PSB) na Câmara dos Deputados e no Senado Federal, em parceria com a Fundação João Mangabeira (FJM) e o Instituto Miguel Arraes. A cerimônia de abertura aconteceu no Hall da Taquigrafia, com a presença do presidente do PSB, Carlos Siqueira, diversas autoridades e a inauguração da exposição “Miguel Arraes: Uma trajetória de luta pelo Brasil”.
Nas palavras dos líder em exercício, deputado Tadeu Alencar (PE), não se trata de uma homenagem a um homem, e sim a uma conduta e um conjunto de valores. “Em nome da nossa bancada, gostaria de agradecer por este verdadeiro ato político, sobre os cem anos de vida de um símbolo de resistência e de luta pela democracia. Doutor A…

HOJE O DIA É DELA. FELIZ ANIVERSÁRIO !

Imagem

QUEM SERÁ O PRESIDENTE DA CÂMARA DE VEREADORES DE TAQUARITINGA DO NORTE?

Imagem
Eraldo de Pedra Preta 19852 PTN
1,287 VOTOS 2° Oscar Miguel 20123 PSC
1,048 VOTOS 3° Demir 15123 PMDB
882 VOTOS 4° João Eugênio 23456 PPS
823 VOTOS 5°

Marcelo Odebrecht confirma à Lava Jato versão de delator sobre Temer

Imagem
Alan Marques/FolhapressO presidente da República, Michel Temer (PMDB) MARINA DIAS
BELA MEGALE
Da Folha de São Paulo

BRASÍLIA - Ex-presidente e herdeiro do grupo Odebrecht, Marcelo Odebrecht confirmou à Lava Jato a versão do ex-executivo da empreiteira Cláudio Melo Filho sobre pagamento de R$ 10 milhões ao PMDB feito a pedido do presidente Michel Temer.
Segundo a Folha apurou, Marcelo, que fechou acordo de delação premiada, depôs por pouco mais de três horas na segunda (12) em Curitiba. De acordo com procuradores, as oitivas seguiram terça (13) e devem durar ao menos três dias.
Marcelo respaldou o episódio do jantar no Palácio do Jaburu, em maio de 2014, com a presença de Temer, então vice-presidente, e do hoje ministro da Casa Civil, Eliseu Padilha, no qual, segundo os delatores, foi acertado o pagamento de R$ 10 milhões para a campanha peemedebista.
Marcelo não deu detalhes sobre a operacionalização do dinheiro que, de acordo com Melo Filho, foi feita por Padilha. Segundo o ex-executivo…

O apoio midiático à 'PEC da Morte'

Imagem
Por Laurindo Lalo Leal Filho, no site Carta Maior:
A PEC-55 limitando os gastos públicos por 20 anos é um dos pilares do golpe de Estado perpetrado em 31 de agosto deste ano contra o governo da presidenta Dilma Rousseff.
Dois outros são a entrega do pré-sal às multinacionais do petróleo e a criminosa reforma da Previdência.
A ação golpista não estancou na destituição da governante eleita pelo voto popular. 
Constituiu-se na atual legislatura uma maioria parlamentar capaz de aprovar qualquer medida anti-popular e anti-nacionalista que seja apresentada. 
Com isso, uma composição eventual de parlamentares ganha força para golpear conquistas históricas consagradas na Constituição de 1988. 
Os que votam representam, em sua grande maioria, os setores econômicos diretamente interessados na obtenção dos dividendos a serem obtidos com as chamadas reformas. Basta ver quais são os financiadores de suas campanhas eleitorais.
Nesta data o alvo é o desmonte dos serviços públicos de saúde e de educa…

Alunos de Caruaru lançam o livro “Deixa eu te contar”

Imagem
A noite de autógrafos acontece nesta quinta-feira (15), às 19h, no Sesc Caruaru Uma viagem no mundo da imaginação. Para incentivar o hábito da leitura entre os pequenos, o Sesc Caruaru realiza o lançamento do livro “Deixa eu te contar”, produzido pelos alunos do Pré III da Educação Infantil. O título, em edições artesanais, foi publicado pela editora Candeeiro, e traz capas de papelão com ilustrações criadas pelos próprios estudantes. A publicação será apresentada aos moradores da cidade nesta quinta-feira (15) em noite de autógrafos. O evento acontece às 19h, na unidade do Serviço Social do Comércio. 
O título aborda a Língua Portuguesa, tema trabalhado com os alunos do Pré III dentro do projeto Vitrine do Conhecimento. “São 26 histórias criadas pelos próprios estudantes. O livro é artesanal e cada exemplar é único. Cada aluno receberá uma edição com a capa trazendo ilustração produzida por ele”, explica a professora da Educação Infantil, Lucianne Ferrer. De acordo com ela, o evento é …

PEC do Teto é aprovada em votação final e congela gastos por 20 anos

Imagem
Felipe Amorim
Do UOL, em Brasília

Apontada pelo governo do presidente Michel Temer (PMDB) como sua principal medida no campo econômico, a PEC (Proposta de Emenda à Constituição) do teto dos gastos públicos foi aprovada em sua última votação no Senado nesta terça-feira (13).
A proposta foi aprovada por 53 votos a favor e 16 contrários na segunda votação, que contou com 70 senadores --o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), não votou. O governo conseguiu apenas quatro votos além dos 49 necessários para aprovar uma mudança na Constituição.
O resultado representa oito votos a menos a favor do governo na comparação com a primeira votação, em novembro, quando 75 senadores votaram (61 a favor e 14 contra). O senador Dário Berger (PMDB-SC) foi o único a votar a favor na primeira votação e contra na segunda.
Confira como cada um dos 70 senadores presentes votou
O líder do governo no Congresso, senador Romero Jucá (PMDB-RR), disse que o governo obteve menos votos por conta das ausênci…