Postagens

Mostrando postagens de Outubro 12, 2016

Veja 9 passos para terminar o ano no azul e arrumar o bolso em 2017

Imagem
Por Sophia Camargo
Colaboração para o UOL, em São Paulo
Getty Images/iStockphoto Faltam menos de três meses para terminar o ano. Para quem está endividado, será que dá tempo de chegar ao fim de 2016 no azul? Dependendo do tamanho das dívidas, é possível arranjar dinheiro cortando despesas supérfluas.  Outra opção é se desfazer de algum patrimônio. "Ao vender um carro para quitar dívidas elevadas, a pessoa se livra dos juros e também de despesas com o próprio carro, por exemplo", afirma Valter Police, planejador financeiro do IBCPF (Instituto Brasileiro de Certificação de Profissionais Financeiros). Segundo ele, a missão de chegar ao fim do ano no azul não é possível para aquele que está superendividado. "O superendividado é aquele que tem parcelas de dívida a pagar de um tamanho tal que, se for pagá-las, a pessoa não consegue nem sequer sobreviver." Mesmo quem está nessa situação, ainda que não consiga quitar as dívidas até o final do ano, pode começar a mudar os há…

ENTREGA DA MEDALHA PADRE ZUZINHA SERÁ HOJE (12)

Imagem
Nesta quarta-feira (12) terei a honra de receber das mãos do Vereador Ernesto Maia (PT) a medalha Padre Zuzinha.
Fiquei lisonjeado e muito agradecido pela homenagem.
Muito obrigado também aos Vereadores que foram unânimes na aprovação do projeto.

BANCADA DO PSB DE PERNAMBUCO RACHA E VOTA CONTRA PEC 241

Imagem
Seguindo orientação do governador Paulo Câmara (PSB), a bancada estadual do PSB votou contra a PEC 241 por entender que a medida reduzirá os gastos com saúde e educação; situação levou Temer a liberar os ministros das Minas e Energia e das Cidades, Fernando Bezerra Coelho Filho (PSB) e Bruno Araújo (PSDB), respectivamente, para reassumirem seus cargos na Câmara e votarem a favor da medida para evitar o voto contrário dos suplentes; dos 32 membros da bancada socialista na Câmara, foram registradas 10 defecções, a maior parte de deputados pernambucanos
Pernambuco 247 - O PSB pernambucano, que integra a base do governo Michel Temer, foi uma das poucas alas do partido que votou de forma contrária a PEC 241, que cria um teto para os gastos públicos. Seguindo a orientação do governador Paulo Câmara (PSB), a bancada estadual votou contra a PEC 241 por entender que a medida reduzirá os gastos com saúde e educação. Temeroso com a situação, Temer liberou os ministros das Minas e Energia e das C…

Juro do cartão atinge 463% ao ano em setembro, o maior desde 95, diz Anefac

Imagem
Do UOL, em São Paulo Renato Stockler/Folhapress

Os juros médios do cartão de crédito alcançaram 463,03% ao ano em setembro, segundo pesquisa da Anefac (Associação Nacional de Executivos de Finanças, Administração e Contabilidade) divulgada nesta terça-feira (11). É a maior taxa desde dezembro de 1995 (478,43%).
Se for considerada a taxa mensal, os juros do rotativo do cartão subiram de 15,29% em agosto para 15,49% setembro.
Os juros do cheque especial subiram para 309,24% ao ano em setembro.
A taxa média de juros para pessoa física subiu para 158,61% ao ano em setembro. As seis modalidades de crédito pesquisadas tiveram alta. Veja como ficaram as taxas, segundo a Anefac: rotativo do cartão de crédito: 463,03% ao ano (15,49% ao mês);cheque especial: 309,24% ao ano (12,46% ao mês);comércio: 98,95% ao ano (5,9% ao mês);empréstimo pessoal nos bancos: 73,52% ao ano (4,7% ao mês);empréstimo pessoal em financeiras: 166,17% ao ano (8,5% ao mês). Os números são valores médios e podem variar pa…

Quem votou contra PEC não deve participar do Governo, defende Padilha

Imagem
Por Jovem Pan
fonte: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil
Padilha destacou que o ministro Geddel Vieira Lima  (Articulação Política do Governo), irá analisar "caso a caso"
O ministro-chefe da Casa Civil, Eliseu Padilha, em entrevista exclusiva à Jovem Pan, defendeu que os 111 deputados que votaram contra a aprovação do texto da PEC que limita os gastos públicos "banquem a desigualdade" e não participem do Governo Temer.
"Há a exposição política que esses [366 parlamentares] suportaram e alguns, que não quiseram suportá-la. Será que estes merecem o mesmo tratamento que os 366? Não seremos injustos com os 366? Os desiguais devem ser tratados com desigualdade. Aqueles que quiseram ser desiguais têm que bancar a desigualdade. Não cria um ânimo negativo no Governo. Não se fará nada nesse processo que fira a aliança partidária, mas quem não pode votar com o Governo não deve participar do Governo", justificou.
Padilha destacou que o ministro Geddel Vieira Lima …

PEC do teto: saúde pode perder até R$ 743 bi em 20 anos, dizem técnicos do Ipea

Imagem
De Brasília
Arte/UOL

Um estudo feito pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), órgão vinculado ao Ministério do Planejamento, mostra que o SUS (Sistema Único de Saúde) perderá até R$ 743 bilhões caso a Proposta de Emenda à Constituição (PEC) 241, aprovada nesta segunda-feira (10), em primeiro turno na Câmara dos Deputados, passe a valer no país.
O texto-base da chamada PEC do Teto prevê que o crescimento das despesas do governo estará limitado à inflação acumulada em 12 meses até junho do ano anterior por um período de 20 anos.
"A PEC 241 impactará negativamente o financiamento e a garantia do direito à saúde no Brasil", afirma a nota técnica datada de setembro deste ano e assinada pelos pesquisadores Fabiola Sulpino Vieira e Rodrigo Pucci de Sá e Benevides.
O estudo aponta que o gasto com saúde no Brasil é de 4 a 7 vezes menor do que o de países que têm sistema universal de saúde, como Reino Unido e França, e inferior ao de países da América do Sul nos quais o d…