Postagens

Mostrando postagens de Maio 15, 2016

CARTA A VOCÊ DA CLASSE MÉDIA QUE FOI ÀS RUAS PEDIR A SAÍDA DE DILMA

Imagem
Por Deputado Federal Vicentinho
Vamos conversar um pouco.
Não adianta ficar teimando em dizer que você queria o fim do governo porque não aguentava mais a corrupção e depois ficar aí dando pulos de alegria com Michel Temer e seu novo ministério.
Se fosse por corrupção, Temer não poderia assumir porque é ficha suja, está inelegível por 8 anos e entre os ministros que nomeou ontem, 7 estão na Lava-Jato por corrupção, alguns por formação de quadrilha e outros comprovadamente receberam propina. Agora, TODOS ganham foro privilegiado.
 Ficar indignado, valia quando era o Lula que não estava envolvido comprovadamente em nada, POR QUE ENTÃO NÃO VALE AGORA?
E se isso ainda não está bom pra você, o novo ministro da Justiça, o ex-secretário de segurança de São Paulo, Alexandre de Moraes, foi advogado do PCC. Isso mesmo! Defendeu bandidos da pior espécie!!!!!
Não, não foi pela corrupção ou pela ética. 
Também não vou cair naquela bobagem de dizer que você é um inocente útil e que foi enganado pel…

Garoto de 4 anos desaparecido em Ipojuca é achado morto

Imagem
Jornal do Commercio Da Editoria de Cidades
Criança estava sumida desde a quinta-feira (12) e os familiares encontraram o corpo neste sábado, num terreno próximo ao local que ele morava
Família diz que comunidade está revoltada Foto: Divulgação/Família
A história do desaparecimento do menino Carlos Fernando da Silva, 4 anos, acabou de maneira brutal. A criança estava sumida desde a última quinta-feira (12) e a família acionou a polícia, a imprensa e estava mobilizada na busca pelo garoto. Mas, na manhã deste sábado (14), os familiares encontraram a criança morta, em um terreno próximo à casa onde ele morava com a mãe, no Engenho Todos os Santos, área rural de Ipojuca, Litoral Sul do Estado.
Uma tia do pai do garoto, Maria José da Silva, conta que Carlinhos era filho único e era uma criança muito calada e "tinha muito medo de tudo". "Ninguém sabe o que houve", disse ela, em tom de tristeza e indignação. A forma como o menino foi encontrado revolta pela violência do cr…

Por reeleição de Geraldo Júlio, PSB de Pernambuco antecipa implosão da frente que o ajudou a eleger Paulo

Imagem
por Fernando Castilho, do Jornal do Commercio



Na última sexta-feira, nos estúdios da Radio Jornal, o senador Armando Neto (PTB-PE) deu uma sonora gargalhada quando alguém lhe perguntou se o governador Paulo Câmara não estava ajudando a reunir a oposição ao dispensar o apoio do DEM e o PSDB: Ajudou, disse. Ajudou muito.
No ar, Armando Neto disse que parecia claro que a frente organizada pelo então governador Eduardo Campos estava se desfazendo. Por iniciativa própria do partido que a liderava através do governador Paulo Câmara. E que isso ajudaria a reorganizar as forças políticas contra o grupo do PSB que, após a morte do líder, estava numa posição errática pelo déficit de lideranças.
O senador, o hoje ministro da Educação, Mendonça Filho e o líder do PSDB, e também ministro das Cidades, Bruno Araújo estão achando ótimo a decisão do governador Paulo Câmara em fechar as portas para uma composição no segundo turno das próximas eleições. Porque ela ajuda a juntar o DEM, o PSDB além do PT…

O vídeo do “R$ 100 mil pro Michel, R$ 100 mil pro Eduardo, R$ 100 mil pro Henrique…” Que fim levou a ‘Caixa de Pandora”?

Imagem
POR FERNANDO BRITO


A dica não é minha, é do amigo Luiz Fonte Boa, que justifica o sobrenome.
A reportagem não é minha, é do UOL, e pode ser lida na íntegra aqui, afirmando que:
A Operação Caixa de Pandora, da Polícia Federal, coletou indícios de um mensalão comandado pelo Democratas em Brasília. Em meio às gravações, um vídeo mostra o ex-secretário de Relações Institucionais do Distrito Federal Durval Barbosa e o empresário Alcir Collaço, dono do jornal Tribuna do Brasil, conversando sobre pagamento de propina a políticos do alto escalão do PMDB: os deputados Tadeu Filippelli (DF), presidente do partido no Distrito Federal, Henrique Eduardo Alves (RN), líder do partido na Câmara, Eduardo Cunha (RJ) e Michel Temer (SP)presidente da Câmara.
No vídeo, Durval Barbosa e Alcir Collaço conversam sobre o pagamento de R$ 800 mil mensais a parlamentares em troca de apoio a José Roberto Arruda, governador do Distrito Federal. “Arruda dá R$1 milhão por mês para o Filippelli”, diz Durval. Collaço …