Postagens

Mostrando postagens de Janeiro 2, 2016

CALENDÁRIO DE FEIRAS 2016

Imagem

RONNIE DUARTE, NOVO PRESIDENTE DA OAB-PE, TOMOU POSSE FORMAL NESTA SEXTA, DIA 1º DE JANEIRO

Imagem
POR OAB/PE
Fazer com que a profissão de advogado seja cada vez mais valorizada e novos benefícios em favor da advocacia sejam alcançados. É com esses e outros objetivos de valorização da classe que tomou posse formalmente, nesta sexta-feira, 1º de janeiro, a nova diretoria eleita da Ordem dos Advogados do Brasil/Seccional Pernambuco para o triênio 2016-2018, que tem como presidente o advogado Ronnie Duarte e vice-presidente Leonardo Accioly. Ronnie Duarte sucede o ex-presidente Pedro Henrique Reynaldo Alves.
A posse formal aconteceu na sede da OAB-PE, no bairro de Santo Antônio, no Recife. Integram, também, a nova diretoria da OAB-PE o secretário geral Fernando Ribeiro Lins, a secretária geral adjunta Luciana Brasileiro e a diretora tesoureira Silvia Nogueira. Uma solenidade de posse está marcada para o próximo dia 15 de fevereiro, das 20h às 21h30, no Teatro do Hospital Pedro II/Imip.
“Temos uma grande responsabilidade que é conduzir uma classe que é formada por mais de 30 mil advoga…

Estatuto da Pessoa com Deficiência entra em vigor com garantia de mais direitos

Imagem
Paulo Victor Chagas – Repórter da Agência BrasilTomaz Silva/Agência Brasil No Instituto Municipal Helena Antipoff, professoras aprendem o braille para  promover a inclusão de crianças com deficiência na rede pública de ensino 
Entra em vigor neste sábado (2) o Estatuto da Pessoa com Deficiência, que traz regras e orientações para a promoção dos direitos e liberdades dos deficientes com o objetivo de garantir a essas pessoas inclusão social e cidadania. A nova legislação, chamada de Lei Brasileira de Inclusão da Pessoa com Deficiência, garante condições de acesso a educação e saúde e estabelece punições para atitudes discriminatórias contra essa parcela da população.
Hoje no Brasil existem 45 milhões de pessoas com algum tipo de deficiência. A lei foi sancionada pelo governo federal em julho e passa a valer somente agora, 180 dias após sua publicação no Diário Oficial da União.
Menos abusos
Um dos avanços trazidos pela lei foi a proibição da cobrança de valores adicionais em matrículas …

O ano de 2016 é bissexto. Entenda o que isso significa

Imagem
Por TV Brasil

O ano de 2016 é bissexto, ou seja, tem 366 dias, um a mais do que os anos comuns. Isso acontece porque no mês de fevereiro haverá 29 dias, o que ocorre de quatro em quatro anos. O ano bissexto foi criado pelos romanos na época do imperador Júlio César. Era preciso adequar o calendário ao tempo que a Terra leva para dar uma volta completa em torno do Sol.
A volta da Terra ao redor do Sol não é feita em exatos 365 dias, mas sim em 365 dias, cinco horas, 48 minutos e 46 segundos. Essa fração de dias, arredondada para seis horas, é compensada no ano bissexto, já que seis horas, em quatro anos, são 24 horas, ou seja, mais um dia. 
Os antigos romanos também decidiram que esse dia extra seria 29 de fevereiro, o menor mês do ano. Sem o ano bissexto, as estações do ano não teriam datas definidas, como acontece hoje.
"Um dia o calendário marcaria o início da primavera e estaríamos no verão, isso para o controle da agricultura seria péssimo, bem como para outros tipos de contr…

24° Batalhão tem novo comandante

Imagem
Agora é oficial, o novo comandante do 24° Batalhão da Polícia Militar é o Major Ildefonso Afonso Elias de Queiroga. Ele assumirá nos próximos dias, já o Ten Coronel Reinaldo Mesquita, que passou pouco mais de 1 ano e meio, assumirá o comando do 18° BPM.

O Subcomandante do 24° BPM será o Major Fabio Jose Bagetti de Lima.

Com informações de Jota Lídio

TIJOLAÇO: VETO DE DILMA EVITA “BONDADE DO MAL” NO BOLSA FAMÍLIA

Imagem
Jornalista Fernando Brito explica o veto da presidente na Lei de Diretrizes Orçamentárias ao reajuste do programa; "Como a dotação orçamentária para o Bolsa Família é fixa, o que acontece quando se aumenta o valor do benefício? Sim, como o valor total é o mesmo, menos benefícios poderão ser pagos"; e critica a manchete do Estadão sobre o assunto: "Contém uma destas 'jaboticabas', as coisas que só acontecem no Brasil"
Por Fernando Brito, do Tijolaço
A manchete do Estadão sobre os vetos apostos pela Presidente Dilma Rousseff contém uma destas “jaboticabas”, as coisas que só acontecem no Brasil.
É o que estabelecia a correção dos valores dos benefícios do Bolsa Família em algo próximo de 16%.
Muito bom, muito bem, seria digno de aplauso.
Mas, espere... Não era lá no Congresso que queriam cortar o orçamento do Bolsa-Família para arranjar o tal superávit fiscal?
Não era o Estadão que, há pouco mais de um ano, chamava o programa de “Bolsa-Voto”?
A tática da maldad…