PROTESTO MOBILIZA CÂMARA DE VEREADORES NESTA TERÇA-FEIRA

Na manhã desta terça-feira (22) o plenário da Câmara de Vereadores de Santa Cruz do Capibaribe ficou lotado de manifestantes que pediam por segurança.

No momento que a Câmara foi tomada pelos que protestavam estava acontecendo a 17ª Sessão Ordinária do Segundo Período de 2016.

O presidente Afrânio Marques deu prioridade ao tema e abriu a discussão, enquanto que os manifestantes se organizavam para saber quais deles usariam a Tribuna.

A 'Casa do Povo' fez jus ao nome, pois o que se viu foi a livre manifestação daqueles que reivindicavam e os líderes do protesto fazendo uso da palavra.

Relatos emocionados e cobranças veementes foi o que se ouviu. Pessoas que contaram o drama de ter armas apontadas para suas cabeças e de seus filhos, pessoas que já foram vítimas de assaltos, inúmeras vezes, em um curto espaço de tempo e outras que não conseguem exercer seu trabalho, pois estão amedrontadas. 

Diante do que foi ouvido e fazendo coro com os manifestantes foi apresentado um requerimento (REQ 262/2016) pelo Vereador Deomedes Brito para que uma audiência pública fosse agendada, em caráter de urgência, trazendo para a Câmara de Vereadores autoridades e lideranças estaduais e municipais para discutir com a sociedade civil organizada e o povo em geral. O requerimento foi aprovado por unanimidade.

Ao fim da sessão os vereadores foram convidados a acompanhar o protesto que se dirigiu à sede do Poder Executivo.

Comentários

POSTAGENS MAIS ACESSADAS

CANDIDATURA AVULSA. GEO CALDAS PODE SE LANÇAR CANDIDATO A PRESIDENTE

JUNIOR DE SINDÔ SERÁ VELADO NA CÂMARA DE SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE

COMPOSIÇÃO DA CÂMARA PODE PASSAR DE 17 PARA 10 VEREADORES, EM SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE

VEREADOR E ESPOSA SÃO ASSALTADOS EM FRENTE A RÁDIO, NA CIDADE DE SANTA CRUZ DO CAPIBARIBE

Escola Municipal Vereador Ciríaco Ramos de Lima inicia formaturas de conclusão da Educação Infantil