Postagens

Mostrando postagens de Outubro 26, 2015

Jorge Paulo Lemann, colecionador de empresas

Imagem
#As Empresas Mais Admiradas no Brasil


Jorge Paulo Lemann, pelo terceiro ano seguido, o líder mais admirado do Brasil Da Carta Capital
Felipe Rau/ Estadão Conteúdo Depois da experiência na financeira, trabalhou no mercado até obter  dinheiro para um passo maior. 
O mais bem-sucedido empresário brasileiro, pela terceira vez consecutiva o líder empresarial mais admirado do Brasil, Jorge Paulo Lemann credita boa parte do seu sucesso aos erros cometidos ao longo da vida.

Para ele, a maioria das pessoas olha a carreira de um empresário bem-sucedido e acredita que ele se move em uma trajetória retilínea, esquecendo-se das dificuldades que aparecem no meio do caminho e que são essenciais ao êxito.

“Nunca é uma linha reta, sempre tem altos e baixos e o importante é aprender continuadamente com as dificuldades e ver nelas oportunidades, porque são possibilidades para melhorar”, destacou o empresário para uma plateia de empreendedores, em agosto.

Aos 7 anos, começou a jogar tênis. Aos 9, perdeu para…

ESTADOS TAMBÉM FIZERAM MANOBRAS FISCAIS EM 2014

Imagem
Governadores do Rio de Janeiro, Bahia, Distrito Federal, Goiás, Amazonas e Paraná recorreram a manobras para fechar as contas de 2014, a exemplo do governo federal, deixando gastos para o ano seguinte; nenhum deles, no entanto, foi reprovado nos Tribunais de Contas estaduais
247 - Assim como o governo federal, governadores recorreram às chamadas “pedaladas fiscais” para fechar as contas de 2014. Eles, no entanto, não tiveram suas contas reprovadas nos Tribunais de Contas estaduais.
Na Bahia, o governo de Jaques Wagner (PT), hoje chefe da Casa Civil de Dilma, deixou para o próximo ano gastos referentes a pagamentos de terceirizados, no valor total de R$ 228,3 milhões.
No Amazonas, o governo de José Melo (Pros) aprovou uma lei retroativa no final do ano que permitiu gastar dinheiro de fundos voltados para o turismo e microempresas com o item "administração".
Em Goiás, o Ministério Público de Contas acusou o governador Marconi Perillo (PSDB) de adotar no ano passado o empréstimo d…

POLÍCIA FEDERAL ATINGE EM CHEIO CAOA, UM DOS MAIS RICOS DO PAÍS

Imagem
Nesta manhã, foi levado para depor coercitivamente o empresário Carlos Alberto de Olveira Andrade, dono do grupo Caoa, que representa a montadora sul-coreana Hyundai no Brasil; com um patrimônio de mais de R$ 5 bilhões, Caoa é suspeito de comprar uma medida provisória que o beneficiaria com incentivos fiscais; nesta nova fase, foram presos o lobista Alexandre Paes dos Santos e o consultor José Ricardo da Silva, além de Mauro Marcondes Machado, vice-presidente da Associação Nacional dos Fabricantes de Veículos Automotores, a Anfavea; PF também fez buscas na empresa LFT Marketing Esportivio, de Luís Claudio Lula da Silva, um dos filhos do ex-presidente Lula

247A nova fase da Operação Zelotes atingiu em cheio um dos homens mais ricos e poderosos do País: o empresário Carlos Alberto de Oliveira Andrade, dono do grupo Caoa, que representa a montadora sul-coreana no Brasil.
Caoa, que tem um patrimônio pessoal de mais de R$ 5 bilhões, é suspeito de comprar uma medida provisória que o benef…