Postagens

Mostrando postagens de Julho 22, 2015

Zé Augusto nesta quinta (23) no Falando de Política

Imagem
Nesta quinta-feira (23), no Falando de Política, o entrevistado será José Augusto Maia. O programa vai ao ar a partir do meio-dia pela rádios Vale AM 1370 e Santa Cruz FM 98,5 e tem na apresentação Hildo Teixeira e Jairo Gomes.

Parabéns Dona Dilene de Zé de Bento. Feliz Aniversário !

Imagem
Quem está de idade nova é Dona Dilene de Zé de Bento. Ela que é mãe de Cid, Eduardo, Lula e Leide e avó de Hiago, Higor, Fernanda, Elaine, Felipe, Fagner, Raquel, Eduarda, Fabrícia, Evelyn, Franciely, Eloá e bisavó de Isac, completou nesta quarta-feira 66 anos. 

O vereador Fernando Aragão e Dona Ivone foram parabenizar a amiga de longas datas nesse dia tão especial.
Feliz Aniversário, Dona Dilene!

Caixa começa a pagar PIS para os nascidos em julho

Imagem
Para o trabalhador que não é correntista da Caixa, o saque pode ser feito nas casas lotéricas e nos correspondentes Caixa Aqui, utilizando o Cartão do Cidadão
O benefício é pago a quem recebeu, em média, até dois salários mínimos mensais no ano passado com carteira assinada ou exerceu atividade remunerada durante, pelo menos, 30 dias - Foto: USP Imagens
A Caixa Econômica Federal começou a pagar nesta quarta-feira (22) o abono salarial do Programa Integração Social (PIS) para os beneficiários nascidos em julho e que não são correntistas do banco. O benefício é pago a quem recebeu, em média, até dois salários mínimos mensais no ano passado com carteira assinada ou exerceu atividade remunerada durante, pelo menos, 30 dias, consecutivos ou não, no ano-base considerado para apuração.
Para o trabalhador que não é correntista da Caixa, o saque pode ser feito nas casas lotéricas e nos correspondentes Caixa Aqui, utilizando o Cartão do Cidadão. O dinheiro pode ser retirado também nas Agências da …

A burrice reinante na música brasileira realmente popular é mais perigosa do que você imagina

Imagem
Por r-tadeu | Na Mira do Regis

Infelizmente, a constatação é óbvia: nunca vivemos em uma época em que a música popular brasileira realmente popular apresentasse um grau de burrice tão grande como nos dias atuais. A impressão generalizada é que há algum tipo de pacto de estupidez entre gente que se diz “artista” e uma imensa manada de pessoas que transformaram a palavra “plateia” em sinônimo de agrupamento de retardados.
A falta de capacidade cognitiva da grande maioria de brasileiros que consome música no Brasil gera uma total incompreensão sobre o significado poético de canções que ainda insistem em trazer letras que necessitem de uma capacidade cerebral superior a de um peixe para que possam ser apreciadas. Para esta geração, as canções de caras como Lenine, Ney Matogrosso e Gilberto Gil soam como tratados de Física Quântica musicados.
Hoje, é cada vez maior a dificuldade de prender a atenção destes milhões de verdadeiros “bagres”. Isso explica porque o sertanejo chamado de “universitá…