Postagens

Mostrando postagens de Junho 9, 2015

COMO COMBATER O DESPERDÍCIO DE ÁGUA ?

Imagem

A hierarquia da dor

Imagem
Há, pelo menos, dois tipos de dor: a física e a moral
Por Dário Gomes* Conceituando de forma mais simples: A nossa dor ou sofrimento pode ser no corpo ou no sentimento.
Não vos comove isto a todos vós que passais pelo caminho? Atendei, e vede, se há dor como a minha dor. Lamentações 1:12.
Para o texto, em apresso, vagou-me nas entrelinhas do pensamento, uma simples indagação: Qual a pior dor?
Uns dizem que não há coisa pior que uma dor de dente, porém há quem afirme que uma cólica intestinal é coisa indesejável, há outros que defendem ser a dor de ouvido a pior que se possa imaginar e a lista vai se tornando extensa na sua própria organização ou hierarquia. A hierarquia da dor.
Falar de dor e não citar a causada pelos famosos cálculos renais é se esquecer de uma das mais desagradáveis, já vi gente forte suar frio e pedir por tudo que há, por um socorro imediato; há ainda aquela dor de todos os meses, é a amiga inseparável de muitas mulheres, porém tem gente que diz que a pior é a do pa…

Médicos que fraudaram SUS abriram empresas para sonegar Imposto de Renda

Imagem
PF indica que médicos usavam empresa não só para golpe contra rede pública, mas também para sonegar impostos
Luiz Ribeiro
Do Estado de Minas
Empresa, segundo a investigação, foi aberta com objetivo de lavar o dinheiro
Os médicos presos em Montes Claros, Norte de Minas, por suspeita de envolvimento em um esquema de desvios de verbas do Sistema Único de Saúde (SUS), abriram uma empresa de fachada, que, além de ter servido para fraudar a saúde pública, foi usada para a sonegar Imposto de Renda. É o que consta do relatório das investigações da Operação Desiderato, da Polícia Federal (PF) e do Ministério Publico (MPF), ao qual o Estado de Minas teve acesso com exclusividade. Nessa quarta-feira, médicos acusados de integrar o esquema foram afastados pela Santa Casa local. 
A operação da PF e do MPF foi desencadeada anteontem, quando, além dos médicos, foram detidos na cidade do Norte de Minas um representante comercial e uma secretária do grupo suspeito. Também foram presos um empresário no R…

Paulo Câmara abre o cofre para pagar emendas parlamentares

Imagem
Por obrigação constitucional, o Orçamento Impositivo tem que ser cumprido. O governador não liberou nenhuma das emendas neste primeiro semestre 
Ayrton Maciel
Do JC Online

Secretário executivo de Relações com Alepe, André Campos (PSB), revela que governo começa a pagar emendas parlamentares neste mês de junho Bobby Fabisak/JC Imagem
Emparedado pela crise econômica do País e com dificuldades de caixa, o governo do Estado não pagou, até o momento, nenhuma das emendas parlamentares dos 49 deputados estaduais feitas ao Orçamento de 2015, que totalizam 63,7 milhões. Resultado do aperto financeiro nos cofres do Estado, as emendas estão engavetadas desde janeiro deste ano. Nenhuma foi liberada, em todas as áreas indicadas, inclusive as contestadas emendas “culturais” para shows, o “xodó” dos deputados em 2014 que é alvo de investigação do Ministério Público de Pernambuco (MPPE).
Apesar da crise financeira do Estado, a obrigação constitucional do Orçamento Impositivo está levando o governador Pau…