Postagens

Mostrando postagens de Outubro 29, 2014

QUE BOM QUE ELA VENCEU!

Imagem
Dr. Paulo Lima*
Confesso a vocês, minha meia dúzia de fieis e pacientes leitores, que estou com uma sensação de alívio. Em verdade o domingo custou a passar já que temia que o ódio e o preconceito vencesse a esperança, e somente aliviei a minha alma quando vi e ouvi os primeiros resultados das urnas sendo divulgados pelos meios de comunicação. Sei que algumas pessoas, minha conhecidas, ficam sem entender a minha opção política. Afinal, diriam que faço parte da elite brasileira, dada a minha condição social e econômica e, em sendo assim, soaria contraditório este meu discurso. Mas não é verdade, já que não desejo fazer parte dessa elite. Quero estar ao lado das pessoas, que, tal qual a Presidente do meu País pensa numa sociedade inclusiva, onde as políticas sociais sejam voltadas para o atendimento das classes menos favorecidas, através dos programas sociais que tantos benefícios trouxeram para o nosso povo nestes últimos doze anos.
Sempre costumo salientar que o Partido dos Trabalhado…

Dilma irá discutir regulação da mídia no segundo mandato

Imagem
No Brasil, seis famílias controlam 70% da imprensa. Presidente da Fenaj defende Marco Regulatório para mais pluralidade e diversidade na mídia
Por Agência PT

Celso Schröder, da Fenaj: Marco Regulatório para acabar com monopólio da comunicação
O debate sobre a democratização da mídia brasileira é antigo e ganhou força durante o governo do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva, com a realização da 1ª Conferência Nacional de Comunicação. Agora, a regulação dos meios de comunicação voltará a ter protagonismo e será tema de debate durante o segundo mandato da presidenta Dilma Rousseff.
Reeleita com 51,64% dos votos, Dilma defende a regulação econômica da mídia, sem interferência no conteúdo. A retomada do assunto, no entanto, tem causado furor nas redes sociais e é alvo de críticas do setor, que insiste na insinuação de censura e controle.
A regulação proposta pelo Partido dos Trabalhadores e pela presidenta nada tem a ver com regulação do conteúdo. Segundo Dilma, a medida servirá para imp…

A história do doleiro Youssef que a “grande mídia” esconde

Imagem
Youssef e Dias sempre foram íntimos
A mídia escondeu a verdadeira história do doleiro.

Miguel do Rosário, via O Cafezinho

Alberto Youssef foi condenado em 2004, pelo mesmo juiz Sérgio Moro, do Paraná, por corrupção. Segundo a Ação Penal movida contra Youssef, ele obteve um empréstimo de US$1,5 milhão, em 1998, numa agência do Banestado, banco público do Paraná, nas Ilhas Cayman.
No processo de delação premiada da época, Youssef confessou que internou o dinheiro no Brasil de forma ilegal, em vez de fazê-lo via Banco Central. Mas negou que tenha pago propina a um executivo do Banestado. Segundo o doleiro, a condição imposta para o Banestado liberar o dinheiro para sua empresa, a Jabur Toyopar, era fazer uma doação para a campanha de Jaime Lerner, do então PFL (hoje DEM), aliado do PSDB, para o governo do Paraná. Doação “não-contabilizada”. Caixa 2.
A mídia nunca deu destaque a essa informação. Alberto Youssef operava para tucanos e demos do Paraná desde a primeira eleição de Jaime Lerner,…

LULA: "TODOS GANHAM COM A ASCENSÃO DOS HUMILDES"

Imagem
Num vídeo postado ontem à noite, o ex-presidente Lula afirma que o povo brasileiro foi sábio e deu uma lição ao País; Lula fez também um manifesto contra o ódio e o preconceito; "A miséria absoluta acabou, as pessoas ganharam cidadania e quem mais ganhou com isso? Ganhou a classe média, ganharam as empresas", disse ele; "Mais generosidade e menos preconceito vai fazer um bem imenso ao País"; "Faço um convite a você que tem preconceito: abra seu coração, abra sua alma e dê uma chance a quem tem menos"; Lula já é pré-candidato à presidência em 2018
Do 247
Em vídeo postado na noite desta terça-feira, o ex-presidente Lula agradeceu o apoio do povo e disse que os eleitores deram uma lição ao País. “Eu acho que o povo brasileiro, com todas as divergências, com todos os seus votos diferenciados, deu uma lição de política nos políticos".
Segundo ele, o Brasil melhorou muito com programas sociais como o Bolsa-Família: "A miséria absoluta acabou, as pessoa…